O Novo Reich - Ep (2017)

by Revolta Civil

/
  • Streaming + Download

     

1.
02:29
2.
3.

about

credits

released January 7, 2016

Gravado e Mixado por:
Hammer Records - Recife/PE - Brazil

Voz: Élder Gustavo
Guitarras: Julio Cesar
Baixo: Matheus Menezes
Bateria: Raone Ferreira

Arte: Hugo Silva
www.facebook.com/abacrombie.ink

tags

license

all rights reserved

about

Revolta Civil Recife, Brazil

contact / help

Contact Revolta Civil

Streaming and
Download help

Track Name: O Novo Reich
A serpente desova seu veneno aos porcos
Palavras de ordem que exaltam o ódio a tudo vermelho
O profeta retorna incitando a guerra santa
E não mais esconde que ergue a mão direita

O NOVO REICH!!!(2x)

Em seus olhos e seus gestos, forma e sombra da velha suástica
Discurso inflamado esconde o mal em frases fáceis
Mil mentiras em meias verdades distorcem o senso comum
O mesmo modo, o mesmo ódio mas ninguém consegue ver

A fábrica de ódio conduzindo um povo cego e sedento por sangue
Novamente com outros nomes, câmaras de gás aos inimigos

O canto em marcha, um mantra
Toda culpa tem cor e lado
A espuma escorre de cães raivosos
O novo fascista controla sua alma

O genocídio, o caos e os guetos tem
a benção do homem de bem!!!

Todo rubro, todo negro é um sacrilégio ao puro
Todo rosa ou ateu é um sacrilégio ao deus

O NOVO REICH!!!(2x)
Track Name: Causa e Efeito
Causa e efeito de um modelo de sociedade doentia!

O gatilho que aponta é o seu próprio dedo, pois...
Não há miséria que não custe um preço
As mazelas da fome despertam o seu medo
Os sonhos que cabem no bolso de poucos
Roubados da alma de um cristo morto

Vigiar, punir, matar!!!

O preto que sangra no poste espelha
A cultura de ódio que se finge inocente
O troco da esmola nas mãos de um deus branco
Desprezo é o batismo que legitima a sua morte

Vigiar - punir - matar!!!
Vingar - excluir - matar!!!

Condene um mendigo e limpe sua calçada!!!

O linchamento em público, suplício que cura o anseio do povo
O “homem de bem” lavando a alma e as mãos com sangue
Vingar!!!

Um homem nu sangrando porque nasceu sem berço
O “homem de bem” em êxtase descarregando seu ódio!!!
Excluir!!!

Um menor a menos desperta apenas desprezo
O “homem de bem” aos prantos porque perdeu
seu ouro!!!
Matar!!!
Track Name: Entre o Poder e a Foice
Foice, armas, revolução!
O céu é o trono sob o véu de um dogma
O mártir de joelhos frente ao poder
Com milhões de companheiros armados
em nome de um sonho...

Um sonho de igualdade
Castrando vontades
Expropriando almas
Regendo as massas
À santa guerrilha
Cegocialista
Impondo liberdade.
Ignorando o massacre
Do rebanho em marcha
Um hino de dor
Conspirar um estado totalitário
Que condena o povo
A um exército vermelho
Incita o ódio
E oprime com armas
Sob a graça de Marx
Sentindo o gosto de sangue que impõe...

PAZ POR MEDO!!!

O poder e a foice!!!

Um sonho de igualdade
Constituindo Estado
Que condena o povo
Ao exército vermelho
Que inflama o ódio
E oprime com armas
Sob a graça de Marx
Sentindo o gosto de sangue que impõe...

PAZ POR MEDO!!!

Foice, armas, revolução!
O inferno impera sob o véu do dogma
O mártir de joelhos implora ao ditador-deus
Clemência aos companheiros mortos em nome
de um sonho